2018-07-06

Escola de Verão da UNEFA (União Nacional das Escolas Familiares Agrárias de Espanha)

Realizou-se a XXVII ESCOLA DE VERÃO UNEFA – “Propostas Inovadoras para o Meio Rural”. A convite da Direção da UNEFA, apresentamos a Plataforma “Digital Grow”: a Biblioteca e a Formação. Participaram os directores e presidentes das associações, os membros do “Comité Gestor” nacional e os formadores, que ttalizavam cerca de 140 pessoas.

2018-06-22

Encontros: FAO, Ministério Educação, ASSONUFED, EFPEM, EPN Guatemala

Tivemos várias reuniões: Na FAO, com o Director Nacional, onde foi apresentada a proposta de cooperação Sul-Sul, sob o patrocínio da FAO-UNESCO. No Ministério de Educação, com o Sr. Ministro e com o Vice-Ministro, os temas tratados eram relacionados com a alternância de formação virtual e o futuro evento de Novembro. Na EFPEM, entre outros foi definido o programa do evento dos 50 anos da EFPEM a ter lugar em Novembro. Participámos num Conselho de Administração da ASSONUFED. No fim realizou-se uma Sessão de Trabalho com a Equipa Pedagógica Nacional (EPN), responsáveis pelas 10 turmas de Formação Virtual.

2018-06-15

Formação Inicial de Formadores, visita a 1 de 10 turmas, em Coatepeque

“Formação Básica no Sistema de Alternância” está em curso em 10 localidades diferentes (10 turmas). Na sessão de formação na localidade de Coatepeque, na zona costeira no Pacífico, próximo do México, assistiram uma vintena de formadores.  Ao todo as 10 turmas têm cerca de 200 formadores em formação. A Formação é composta por 5 módulos, estando o último previsto para Novembro do corrente ano. Em Quetzaltenango tivemos uma reunião com os coordenadores de zona, para fazer o balanço e apresentarmos propostas novas para os módulos seguintes.

FONDATION ONDJYLA

Ondjyla significa “caminho” numa das línguas do continente Africano. A Fondation Ondjyla quer contribuir para que mais jovens construam o caminho da sua vida, tornando-se os autores do seu destino.

A fundação está comprometida com a promoção do conhecimento, do empreendedorismo, da geração de emprego e do intercâmbio, com um foco particular nos jovens Africanos, assim contribuindo para o empoderamento, a sustentabilidade e o desenvolvimento das pessoas e das comunidades, em especial as crianças e os jovens.

É convicção da fundação que o acesso à formação técnica e orientada para a profissionalização poderá ter um impacto de relevo nas condições de vida dos jovens que agora se preparam para o mercado de trabalho e das suas famílias. A fundação pretende, igualmente, proporcionar às diferentes populações os instrumentos e a opção de desenvolverem uma actividade económica que lhes assegure uma vida condigna junto das comunidades onde cresceram e estão integradas.