2019-06-10

Yaundé (Camarões) Formação de formadores e apresentação do Digital Grow

Com os delegados vindos de todo o país das redes associadas à PROCEFFA, realizou-se um seminário de formação de formadores. Entre a PROCEFFA, F. ONDJYLA e AIMFR, existe um convénio de colaboração. Entre as conclusões mais importantes, houve o compromisso de iniciar a utilização da Plataforma elaborando e conseguindo materiais para a biblioteca e construindo as formações e seus materiais nas duas línguas nacionais: francês e inglês.

2019-05-25

Cidade de Benguela (Angola) Sessões de Trabalho com a Equipa Técnica do Projecto “Dombe 4.0”

Realizaram-se 2 Sessões de Trabalho com a Equipa Técnica, tendo como ponto de partida 2 modelos de intervenção experimentados em varias regiões do Brasil com sucesso. Os modelos denominados: “ATG – Assistência Técnica e Gerencial” e “Do rural à mesa”. Os dois modelos incluem os objectivos e resultados previstos do Projecto Dombe 4.0. Foi muito interessante encontrar metodologias de trabalho nos 2 modelos experimentados, adoptando ao nosso projecto. Tivemos a oportunidade de revisitar o projecto, incluindo o Quadro Lógico.

2019-05-24

Dombe Grande (Angola) Acompanhamento no terreno da “campanha do feijão”

Com os 160 pequenos agricultores que o projecto acompanha, deu-se início ao novo ciclo de produção agrícola, no caso, a campanha do feijão (“feijão de inverno/cacimbo” – Junho a Agosto). Foi instaurado um sistema de entrega de sementes e adubos aos agricultores, em função do interesse destes, da sua área e capacidade de laboração. Não se trata de um donativo, mas mais bem, um “fundo” rotativo em sementes, ou seja, os agricultores no fim da safra devolverão 1,5 o peso das sementes recebidas e ovalor do adubo em sementes. Tendo em conta que é esperado um resultado de 1 para 12 sementes colhidas, o agricultor fica com uma margem interessante. E o projecto gera um “banco de sementes” que será útil para as campanhas seguintes. Os 8 técnicos acompanham os 160 agricultores em todas as fases de produção até à colheita.

FONDATION ONDJYLA

Ondjyla significa “caminho” numa das línguas do continente Africano. A Fondation Ondjyla quer contribuir para que mais jovens construam o caminho da sua vida, tornando-se os autores do seu destino.

A fundação está comprometida com a promoção do conhecimento, do empreendedorismo, da geração de emprego e do intercâmbio, com um foco particular nos jovens Africanos, assim contribuindo para o empoderamento, a sustentabilidade e o desenvolvimento das pessoas e das comunidades, em especial as crianças e os jovens.

É convicção da fundação que o acesso à formação técnica e orientada para a profissionalização poderá ter um impacto de relevo nas condições de vida dos jovens que agora se preparam para o mercado de trabalho e das suas famílias. A fundação pretende, igualmente, proporcionar às diferentes populações os instrumentos e a opção de desenvolverem uma actividade económica que lhes assegure uma vida condigna junto das comunidades onde cresceram e estão integradas.

Testemunhos

Orientação profissional e agradecimentos

Alternância e desenvolvimento de habilidades em jovens

Ana Ochoa, incidência de treino virtual em alternância